Atentado na Nigéria deixa 45 mortos e 33 feridos

O atentado não foi reivindicado, mas o 'modus operandi' corresponde ao grupo armado nigeriano Boko Haram, que comete atentados na região

Ao menos 45 pessoas morreram e outras 33 ficaram feridas nesta sexta-feira em um duplo atentado suicida realizado por duas mulheres contra um mercado do nordeste da Nigéria, segundo os serviços de segurança.

Um boletim precedente revelava 30 mortos.

“Segundo as últimas informações, há 45 mortos e 33 feridos em consequência do duplo atentado suicida em Madagali”, declarou Sa’ad Bello, responsável do serviço nacional de emergências (Nema) do Estado de Adamawa.

“As duas suicidas se fizeram passar por clientas e detonaram seus cinturões com explosivos, uma na parte do mercado onde se vende comida e outra próximo a um provador de roupa”, disse um porta-voz da prefeitura de Madagali, Yusuf Muhammad.

O atentado não foi reivindicado, mas o ‘modus operandi’ corresponde ao grupo armado nigeriano Boko Haram, que comete atentados na região do lago Chad desde 2009.

O nordeste da Nigéria vive uma nova onda de ataques nas últimas semanas, coincidindo com o fim da temporada de chuvas.