Atentado em mercado deixa 32 mortos e 80 feridos na Nigéria

Até agora, ninguém assumiu a autoria do atentado, mas tudo indica que se trata do grupo fundamentalista Boko Haram

Uma explosão na noite desta terça-feira deixou 32 mortos e 80 feridos em um mercado na cidade de Yola, no nordeste da Nigéria, informaram fontes oficiais citadas pela imprensa local.

Porta-vozes da Agência Nacional de Emergências e da Cruz Vermelha da Nigéria disseram que a explosão ocorreu em um mercado de frutas e verduras da capital do estado de Adamawa, que estava cheio de pessoas.

Até agora, ninguém assumiu a autoria do atentado, mas tudo indica que se trata do grupo fundamentalista Boko Haram, que já realizou ataques suicidas e com explosivos nesta mesma região da Nigéria nos últimos seis anos.

Neste ano, o Boko Haram matou a cerca de 400 pessoas em mais de 20 de atentados em Maiduguri, a cidade mais importante do nordeste da Nigéria, com cerca de 2 milhões de habitantes e quartel general do exército para enfrentar os islamitas.

Os crimes cometidos por esse grupo fundamentalista na Nigéria e em outros países da região, como Camarões, Chade e Níger, causaram a morte de pelo menos 1.600 civis desde junho, o que situa o número de vítimas mortais em mais de 3.500 em 2015, segundo números da Anistia Internacional (AI).

Mais informações em instantes