Tamerlan foi baleado na cabeça e no tronco

Jovem de 26 anos, de origem chechena, morreu em um confronto com a polícia quando tentava escapar

Tamerlan Tsarnaev, um dos suspeitos de realizar o duplo atentado contra a Maratona de Boston, no dia 15 de abril, foi morto com tiros na cabeça e no tronco, revela o resultado da autopsia publicado nesta sexta-feira.

O jovem de 26 anos, de origem chechena, morreu em um confronto com a polícia quando tentava escapar, no dia 18 de abril, em meio a uma megaoperação para capturar os autores do atentado.

Mais cedo nesta sexta-feira, a imprensa americana informou que Tamerlan e seu irmão Dzojhar – internado em um hospital por ferimentos que sofreu durante a captura – planejavam realizar um ataque suicida no dia da Independência dos Estados Unidos, o 4 de Julho, mas decidiram antecipar a ação diante da facilidade de fabricar as bombas.

O atentado em Boston deixou três mortos e mais de 260 feridos, incluindo vários amputados.