Ataque deixa um morto e 22 feridos em hotel no Iêmen

Militantes islamitas atearam fogo a edifício situado na cidade litorânea de Áden, no sul do país

Sana – Pelo menos uma pessoa morreu e 22 ficaram feridas em um ataque contra um hotel realizado por militantes islamitas no Iêmen, que atearam fogo ao edifício situado na cidade litorânea de Áden, no sul do país.

Várias testemunhas do incidente disseram à Agência Efe que os agressores dispararam com metralhadoras na entrada do hotel, de cinco andares.

Em seguida, eles entraram no edifício e jogaram gasolina na mobília para provocar o incêndio. O possível motivo do ataque é que os militantes islamitas consideravam que o hotel favorecia a prostituição, segundo as testemunhas.

A vítima que morreu era um dos clientes do hotel, que foi assassinado enquanto tentava escapar por uma janela. Os feridos sofreram queimaduras de distinta consideração e três deles se encontram em estado grave, informaram fontes médicas.

Este ataque é o primeiro de militantes islamitas contra um hotel em Áden sob o pretexto de envolvimento em atividades de prostituição.

O sul do Iêmen é cenário frequente de enfrentamentos entre as forças de segurança, combatentes da rede terrorista Al Qaeda e grupos islamitas próximos.