Ataque com facões deixa 3 mortos no Quênia

Uma gangue atacou um posto de contagem de votos no município costeiro de Tana River, no Quênia, nesta quarta-feira

Isiolo, Quênia – Uma pessoa morreu quando uma gangue usando facões atacou um posto de contagem de votos no município costeiro de Tana River, no Quênia, nesta quarta-feira, e a polícia matou a tiros dois agressores, disse uma testemunha.

O funcionário eleitoral morto estava trabalhando para o partido governista Jubilee, disse o morador Hassan Barisa. A polícia confirmou as mortes.

Nesta quarta-feira, a comissão eleitoral do Quênia rejeitou as reivindicações do líder da oposição, Raila Odinga, de que seus sistemas e sites foram pirateados para produzir uma liderança “fictícia” para o rival de Odinga, o presidente Uhuru Kenyatta.

Protestos ocorreram em redutos da oposição na capital, Nairóbi, e na cidade ocidental de Kisumu, enquanto a contagem dos votos das eleições de terça-feira continuava.

A comissão eleitoral classificou as eleições de livres e justas.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s