Assad diz que retomada de Aleppo também é vitória do Irã e Rússia

Último grupo de civis e rebeldes em um pequeno enclave é esperado para deixar a cidade nas próximas 24 horas

Amã – O presidente da Síria, Bashar al-Assad, disse nesta quinta-feira que a retomada de controle total da cidade de Aleppo também foi uma vitória para seus aliados russos e iranianos, tanto quanto para seu próprio país.

Em comentários após encontro com uma delegação iraniana, Assad também disse que sucessos no campo de batalha são “um passo básico na estrada para o fim do terrorismo no território sírio inteiro e na criação das circunstâncias corretas para uma solução para terminar a guerra”.

A Força Aérea da Rússia realizou diversas operações que pulverizaram partes rebeldes de Aleppo, enquanto milícias apoiadas pelo Irã e lideradas pelo Hezbollah libanês levaram milhares de combatentes a confrontar rebeldes nas principais frentes da cidade.

O último grupo de civis e rebeldes em um pequeno enclave é esperado para deixar a cidade nas próximas 24 horas, com o Exército e seus aliados tomando toda a cidade.