Assad acusa Hollande de patrocinar o terrorismo na Síria

O presidente sirio incentivou as nações ocidentais a redefinirem suas relações com seu governo, após seis anos de guerra civil

Beirute – O presidente da Síria, Bashar al-Assad, criticou o presidente da França, François Hollande, acusando-o de patrocinar o terror na Síria.

Assad incentivou as nações ocidentais a redefinirem suas relações com seu governo, após seis anos de guerra civil.

Assad disse à imprensa francesa Europe 1 e TF1 em uma entrevista transmitida nesta quinta-feira que prefere alguém que é “não seja um promotor da guerra” para ser o próximo presidente francês.

Hollande manteve a posição do ex-presidente Nikolas Sarkozy de apoiar a revolta da Síria em 2011 contra a regra da família Assad. A revolta, en seguida, virou uma guerra civil total.

Assad diz que a política do presidente francês equivale a “apoiar terroristas”.

O governo de Assad rotulou toda a oposição armada a seu governo – incluindo os rebeldes apoiados pelo Ocidente – como “terroristas”. Fonte: Associated Press