Após impeachment, ex-presidente sul-coreana depõe em Procuradoria

Park, que sempre alegou inocência, fez uma breve declaração na qual se limitou a dizer que responderá às perguntas dos investigadores "escrupulosamente"

Seul – A ex-presidente da Coreia do Sul Park Geun-hye compareceu nesta terça-feira à Procuradoria do Distrito Central de Seul para prestar depoimento pela primeira vez por sua participação no escândalo de corrupção que ficou conhecido como “Rasputina” e a levou a sofrer impeachment.

Diante dos jornalistas que estavam na frente da sede da Procuradoria, Park, que sempre alegou inocência, fez uma breve declaração na qual se limitou a dizer que responderá às perguntas dos investigadores “escrupulosamente”.

A ex-mandatária, por ter perdido a imunidade presidencial, se viu obrigada a realizar um depoimento que vem deixando todo o país em expectativa.

Park é acusada de 13 crimes, entre eles os de suborno e abuso de poder.