Ao menos 27 edifícios no Reino Unido têm revestimento inflamável

O recente incêndio em Londres começou com uma geladeira, mas o fogo se propagou rapidamente devido ao material inflamável do revestimento do edifício

Londres — Os inspetores identificaram pelo menos 27 edifícios de propriedade municipal no Reino Unido que descumprem os requisitos de segurança contra incêndios por estarem revestidos com material inflamável, informou neste sábado o governo.

O ministério de Comunidades e Governo municipal detalhou que estas torres de apartamentos, que abrigam moradia de proteção oficial para pessoas sem recursos, são gerenciadas por 15 consistórios diferentes em distintas áreas da Inglaterra.

Os edifícios em más condições detectados até agora estão em bairros londrinos ou dos arredores como Hounslow ou Brent, ou em localidades como Portsmouth, Manchester e Plymouth.

Cerca de 600 prédios de propriedade pública no Reino Unido estão sendo revisados após o incêndio no último dia 14 de junho na torre Grenfell no oeste de Londres, em que morreram ou desapareceram pelo menos 79 pessoas.

A polícia confirmou ontem que o incêndio de Grenfell começou com uma geladeira defeituosa, mas o fogo se propagou rapidamente devido ao material inflamável do revestimento instalado no edifício em 2016, que transgredia os regulamentos do país.

Em consequência da tragédia, as autoridades municipais do Reino Unido analisam os revestimentos dos blocos sob a sua jurisdição, a maioria construída nos anos 70, mas reformados mais recentemente com materiais de pior qualidade.