Alemanha prende tunisiano suspeito de ajudar no ataque em Berlim

Suposto autor do ataque, Anis Amri, tinha o telefone celular do tunisiano de 40 anos detido agora, segundo os procuradores

Berlim – Autoridades alemães prenderam um cidadão tunisiano que pode estar envolvido no ataque da semana passada em um mercado natalino de Berlim, no qual 12 pessoas foram mortas, disseram procuradores nesta quarta-feira.

O suposto autor do ataque, Anis Amri, tunisiano que teve pedido de asilo rejeitado na Alemanha, tinha o telefone celular do tunisiano de 40 anos detido agora, segundo os procuradores. Autoridades realizaram uma operação em sua casa e trabalho.

Amri foi morto a tiros pela polícia italiana em Milão dias após o ataque.

“Investigações indicam que ele pode estar envolvido no ataque”, disseram procuradores, acrescentando que o suspeito foi detido.

“A extensão de suspeitas contra o detido serão apuradas após maior investigação”, disseram os procuradores.