São Paulo – Uma oficina de “bem-estar” na Síria está reaproveitando armas e manequins, entre outros materiais, para a produção de próteses para os atingidos pela guerra. O centro, localizado no bairro de Duma, na capital Damasco, trabalha para atender uma legião de amputados que foram atingidos pelo conflito que já vai completar três anos.

A guerra na Síria começou em 2011, quando o governo de Bashar al-Assad respondeu a uma série de manifestações populares com violência. O conflito já deixou mais de 100 mil mortos e dois milhões de refugiados, segundo estatísticas da ONU. 

Tópicos: Bem-estar, Guerras, Saúde, Síria