Agressores de jovem branco são indiciados por racismo em Chicago

A vítima, que as autoridades sustentam ter deficiência mental, foi sequestrada no subúrbio de Chicago e levada para um bairro no sudoeste da cidade

Procuradores de Chicago indiciaram nesta quinta-feira (5) por crime de racismo quatro negros acusados de sequestrar um jovem branco, em um ato que foi filmado e transmitido ao vivo na Internet.

No vídeo, feito através da ferramenta Facebook Live e que circulou nas redes sociais, é possível ver os quatro suspeitos, dois homens e duas mulheres, agredindo o jovem e gritando repetidamente: “vá à merda, Donald Trump!”, “vão à merda, brancos!”.

O jovem branco aparece nas imagens jogado no canto de um quarto, amordaçado com um fita adesiva e parece ter as mãos e os pés amarrados.

Suas roupas estão parcialmente rasgadas, uma parte de seu cabelo está cortada e a cabeça apresenta uma ferida sangrando.

Três dos suspeitos têm 18 anos e o quarto, 25 anos. Foram identificados pela Polícia de Chicago como Jordan Hill, Tesfaye Cooper, Brittany Covington e Tanishia Covington.

Eles enfrentam inúmeras acusações, entre elas de sequestro, agressão e crime de racismo.

A vítima, que as autoridades sustentam ter uma deficiência mental, foi sequestrada no subúrbio de Chicago e levada para um bairro no sudoeste da cidade, onde ficou entre 24 e 48 horas, informou a Polícia.

Segundo as autoridades, um dos suspeitos conhecia a vítima da escola.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Nada Mais Que o Justo,Racismo é Preconceito,Independente da Cor de Pele