Wall Street fecha em baixa pressionado por tecnologia

As ações da Oracle recuaram 4,3% após a receita ajustada da produtora de sofware para empresas ficar abaixo das estimativas de analistas

Nova York – Os principais índices acionários dos Estados Unidos recuaram nesta sexta-feira, pressionadas por uma queda de mais de 4 por cento nos papéis da Oracle, enquanto as ações dos setores imobiliário e de serviços públicos registraram os maiores ganhos.

As ações da Oracle recuaram 4,3 por cento para 39,10 dólares após a receita ajustada da produtora de sofware para empresas ficar abaixo das estimativas de analistas. A ação exerceu a maior pressão de queda do S&P e do índice de tecnologia.

Os analistas disseram que os investidores estavam ansiosos e se voltaram para ações de setores considerados defensivos, bem como para os títulos do Tesouro dos EUA após a informação de que um navio de guerra da marinha chinesa apreendeu um drone subaquático norte-americano na quinta-feira em águas internacionais no mar da China.

O índice Dow Jones recuou 0,04 por cento, para 19.843 pontos, o S&P 500 caiu 0,18 por cento, para 2.258 pontos, e o Nasdaq perdeu 0,367 por cento, para 5.437 pontos.

O Dow Jones subiu pela sexta semana consecutiva, mas o S&P 500 e Nasdaq registraram ligeiras quedas semanais.

As ações de serviços públicos e do setor imobiliário tiveram os desempenhos do S&P, com os investidores se voltando para setores considerados vencedores.

As ações dos EUA estão subindo desde a eleição presidencial de 8 de novembro.

O S&P acumula alta de 5,5 por cento no período, com apostas de que a desregulamentação e os gastos em infraestrutura prometidos por Donaldo Trump vão impulsionar a economia.