Dólar R$ 3,15 -1,03%
Euro R$ 3,70 -0,05%
SELIC 9,25% ao ano
Ibovespa 1,09% 68.715 pts
Pontos 68.715
Variação 1,09%
Maior Alta 4,27% BBSE3
Maior Baixa -2,04% JBSS3
Última atualização 18/08/2017 - 17:20 FONTE

Tivit retoma planos de entrar na Bovespa

Companhia apresentou à CVM prospecto de oferta inicial de ações; operação será conduzida pelo Credit Suisse, em parceria com o Morgan Stanley e o Bradesco BBI

A Tivit Terceirização de Tecnologia e Serviços, controlada pelo grupo Votorantim, retomou os planos de se listar na Bovespa por meio de uma oferta pública secundária de ações. A companhia protocolou o pedido junto à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) na última segunda-feira (10/08).

A chegada da Tivit ao mercado reforça essa expectativa, uma vez que o setor de tecnologia tem um número reduzido de empresas na bolsa. A oferta de ações da companhia significará a estreia de um player de terceirização de serviços de Tecnologia da Informação (TI). Hoje, o setor de tecnologia na Bovespa conta com a Contax, no segmento de serviços de call center, a Bematech e Positivo em hardware e a TOTVS Datasul em software. Trata-se, na opinião da Link, de um “universo ainda restrito para um setor com potencial de crescimento no mercado local tão forte”.

O prospecto, submetido à CVM na última segunda-feira, ainda está em análise. Com isso, o cronograma da oferta ainda não foi estabelecido, bem como o valor total e o intervalo em que deve estar situado o preço de cada ação da Tivit.

Segundo o documento, investidores não-institucionais residentes no país poderão fazer pedido de reserva desde que este seja de, no mínimo, 3.000 reais e no máximo, 300.000 reais. A Tivit declarou ainda que, por se tratar de uma oferta secundária, todos os recursos obtidos com a venda de ações serão recebidos pelos acionistas vendedores.

Sobre os riscos do investimento em suas ações, a empresa aponta como fatores que podem interferir em seu desempenho, principalmente, alterações no cenário econômico provocando desaquecimento da demanda por serviços e produtos de TI e a capacidade da companhia para criar soluções que acompanhem o rápido desenvolvimento tecnológico. Outro fator apontado que impacta diretamente nas atividades da Tivit é o desenvolvimento da infra-estrutura da rede pública de serviços de geração e distribuição de energia elétrica e na área das telecomunicações.