S&P corta rating da CSN e mantém perspectiva negativa

A agência rebaixou o rating em escala global da Companhia Siderúrgica Nacional por condições mais fracas do mercado

A agência de classificação de risco Standard & Poors rebaixou nesta sexta-feira o rating em escala global da Companhia Siderúrgica Nacional para “B+”, ante “BB-“, por condições mais fracas do mercado, e manteve a perspectiva negativa para a nota da empresa.

“A produtora de aço brasileira CSN enfrenta um contínuo enfraquecimento da demanda doméstica e forte competição no mercado externo, o que, combinado a uma alta carga de dívida, afeta sua geração de fluxo de caixa”, disse a S&P em comunicado.

Mais informações em instantes