Renner surpreende no último pregão da semana e sobe forte

Mercado repercute positivamente os recentes números divulgados pela empresa

São Paulo – A valorização das ações da Lojas Renner (LREN3) chegava a 4,7% na máxima desta sexta-feira – a maior alta do Ibovespa na reta final do pregão.

O mercado repercute positivamente os recentes números divulgados pela empresa. A varejista de moda teve lucro líquido no quarto trimestre acima do esperado pela média do mercado, com uma diluição de despesas operacionais e boa aceitação da coleção de primavera-verão.

O lucro da varejista foi de 216,2 milhões de reais entre outubro e dezembro, crescimento de 46,4% sobre o resultado daquele período em 2012. A média das estimativas de analistas obtidas pela Reuters apontava para lucro líquido de 198,1 milhões de reais para o quarto trimestre.

O Ebitda (sigla em inglês para lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado total foi de 390,7 milhões de reais, crescimento de 33,7% sobre 2012. A margem no período passou de 24,7% para 29,3%.

“Com uma margem bruta melhor, despesas operacionais melhores e melhor resultado de produtos financeiros, tivemos um lucro líquido maior”, disse à Reuters o diretor administrativo e financeiro e de relações com investidores da companhia, Laurence Gomes.

A relação entre a receita líquida e as despesas caiu para 28,3% no quarto trimestre, ante 30,7% um ano antes, resultado de um processo iniciado pela companhia no segundo trimestre do ano passado, de acordo com o executivo.

No desempenho semanal, as ações da Renner acumulam uma valorização de 4,5%, enquanto o Ibovespa registra queda de 2%. Veja no gráfico a escalada das ações: