Dólar R$ 3,27 -0,31%
Euro R$ 3,68 0,62%
SELIC 11,25% ao ano
Ibovespa 1,43% 63.559 pts
Pontos 63.559
Variação 1,43%
Maior Alta 5,99% SMLE3
Maior Baixa -3,10% SUZB5
Última atualização 24/05/2017 - 16:20 FONTE

Puxada por commodity, Vale dispara 6% na Bolsa

Os papéis da mineradora repercutem o bom desempenho do preço do minério de ferro

São Paulo – As ações da Vale lideravam a alta do Ibovespa na tarde desta terça-feira (10). Os papéis ordinários registravam ganhos de 6,22% na máxima do dia, enquanto os papéis preferencias subiam até 5,40%.

O bom desempenho da mineradora pode estar relacionado diretamente ao preço do minério de ferro, que fechou em alta de 2,19% e era comercializado a 77,73 dólares a tonelada.

A alta da commodity se deve aos indicadores chineses. Entre os divulgados hoje está o índice de preços ao produtor, que registrou aumento de 5,5% em dezembro na comparação com o mesmo período de 2015. É o maior avanço desde setembro de 2011.

Para o mercado, a aceleração dos preços reforça a visão de que a China tem um ritmo estável no novo ano, sustentada por uma atividade industrial e demanda doméstica mais fortes em meio a um boom da construção e dos empréstimos.

Mais prazo

Na última segunda-feira (09), a Vale, juntamente com a Samarco e BHP Billiton pediram a prorrogação para 19 de janeiro do prazo que vencia nesta data para um depósito de 1,2 bilhão de reais ordenado pela Justiça Federal em Minas Gerais para cobrir futuras medidas reparatórias ao desastre com a barragem em Mariana (MG).

Segundo o comunicado enviado ao mercado, “as partes estão em tratativas e apresentaram hoje petição conjunta para prorrogação do prazo de prestação da garantia.”