Preços do petróleo caem com dólar valorizado

O dólar registrou sua melhor performance semanal em mais de sete meses contra uma série de moedas, pesando sobre os preços das commodities

Nova York – Os preços do petróleo caíram ligeiramente nesta sexta-feira pressionados por um dólar valorizado e outro aumento na contagem de sondas de exploração nos Estados Unidos.

O dólar registrou sua melhor performance semanal em mais de sete meses contra uma série de moedas, pesando sobre os preços das commodities negociadas na moeda norte-americana, incluindo o petróleo.

Enquanto isso, um relatório da companhia de serviços de energia Baker Hughes mostrou que petroleiras dos EUA colocaram mais quatro sondas de perfuração de poços em operação na semana encerrada em 14 de outubro.

Foi a 16ª semana consecutiva que petroleiras não fizeram cortes, indicando mais produção a caminho.

Apesar disso, os preços caíram apenas ligeiramente. O Brent encerrou em queda de 0,08 dólar, ou 0,2 por cento, a 51,95 dólares por barril. Para a semana, o contrato encerrou inalterado.

O petróleo dos EUA fechou em queda de 0,09 dólar a 50,35 dólares por barril. Ele subiu cerca de 1 por cento na semana.

Por enquanto, muitos acreditam que os preços podem continuar subindo no curto prazo por expectativas relacionadas aos cortes de produção propostos pela Opep.