Preços do petróleo avançam após redução na produção dos EUA

Às 10h34 (de Brasília), o Brent para janeiro subia 2,00%, a US$ 44,44 por barril, na plataforma eletrônica ICE, em Londres

Londres – Os preços do petróleo avançam nesta quarta-feira após o Instituto Americano de Petróleo (API, uma associação de refinarias) divulgar ontem, no final da tarde, queda de 500 mil nos estoques de petróleo bruto nos EUA.

Às 10h34 (de Brasília), o Brent para janeiro subia 2,00%, a US$ 44,44 por barril, na plataforma eletrônica ICE, em Londres, enquanto na Nymex, o petróleo para janeiro avançava 1,75%, a US$ 42,44 por barril. O petróleo com vencimento em dezembro na Nymex tinha alta de 1,52%, a US$ 41,29.

O API informou que os estoques de petróleo bruto dos EUA tiveram redução de 500 mil barris na semana passada. Os estoques de gasolina tiveram um crescimento de 200 mil barris, mas os estoques de destilados, que incluem diesel e óleo combustível para calefação, tiveram uma redução de 1,5 milhão de barris.

Com isso, o mercado aguarda com expectativa a divulgação de dados oficiais do Departamento de Energia dos EUA hoje, às 13h30 (de Brasília). Apesar de a projeção apontar um aumento de 2 milhões de barris na semana passada, os investidores esperam que o relatório mostre uma redução após os dados de ontem.

Ainda assim, as preocupações com o excesso de oferta ainda pesam.

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) não chegou a um consenso sobre a produção em uma reunião na terça-feira, algo que analistas dizem ser ruim em relação a possibilidade de cortes de produção à frente de sua reunião em 04 de dezembro reunião.