Petróleo Texas fecha em alta de 1,18%

No fechamento da sessão na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos de futuros do WTI para entrega em agosto, os de mais próximo vencimento, subiram US$ 1,02

Nova York – O Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) fechou nesta sexta-feira em alta de 1,18%, cotado a US$ 87,10 o barril, em um dia em que se soube que a economia chinesa cresceu 7,6% no segundo trimestre e no qual o dólar caiu em relação ao euro.

No fechamento da sessão na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos de futuros do WTI para entrega em agosto, os de mais próximo vencimento, subiram US$ 1,02.

Desta forma, o petróleo de referência nos Estados Unidos terminou acumulando nos últimos cinco dias alta de 3,13%, US$ 2,65 a mais em comparação com sexta-feira passada.

O chamado ‘ouro negro’ emendou sua terceira jornada de altas em um dia em que a alta de 7,6% do PIB chinês no segundo trimestre, em sintonia com o que esperavam os analistas, ajudou a dissipar as dúvidas sobre a recuperação da economia mundial.

Na cotação do petróleo também influiu o enfraquecimento registrado nesta sexta-feira pelo dólar frente a outras divisas, como o euro, negociado por US$ 1,2243, comparado com US$ 1,2202 nos quais tinha fechado no dia anterior.

Os contratos de gasolina com vencimento em agosto subiram US$ 0,01, fechando a US$ 2,81 por galão (3,78 litros), alta acumulada na semana de 3,69%.

Os contratos de gasóleo para calefação com vencimento no mesmo mês também subiram US$ 0,01, encerrando o dia a US$ 2,78 por galão, e terminando com alta semanal de 2,96%.

Os contratos de gás natural com vencimento em agosto fecharam sem variação aos US$ 2,87 por cada mil pés cúbicos, e concluiu a semana com um avanço acumulado de 3,61%.