Dólar R$ 3,15 -0,84%
Euro R$ 3,71 0,09%
SELIC 9,25% ao ano
Ibovespa -0,12% 68.512 pts
Pontos 68.512
Variação -0,12%
Maior Alta 3,80% SUZB5
Maior Baixa -2,25% BBSE3
Última atualização 17/08/2017 - 12:14 FONTE

Petróleo sobe, ainda sustentado por fala de Draghi

BCE diz que fará o que for necessário para preservar o euro

Londres – Os contratos futuros de petróleo operam em alta nesta sexta-feira, ainda favorecidos pelos comentários do presidente do Banco Central Europeu, Mario Draghi, que ontem afirmou que o BCE fará o que for necessário para preservar o euro e solucionar a crise na área da moeda única europeia.

“Com esses comentários, os investidores ficaram mais abertos ao risco”, disse o Commerzbank em comunicado.

A fala de Draghi trouxe algum alívio para o mercado de petróleo e os preços dos contratos deverão se manter nos níveis atuais ao longo da próxima semana na ausência de grandes ocorrências geopolíticas no Oriente Médio ou notícias macroeconômicas de impacto, segundo Thina Saltvedt, analista sênior de petróleo do Nordea Bank Norge.

Os investidores aguardam nesta manhã a divulgação da estimativa preliminar do produto interno bruto (PIB) do segundo trimestre dos EUA, às 9h30 (de Brasília). Na semana que vem, o destaque será a decisão de juros do Federal Reserve, o BC norte-americano.

Os EUA são o maior país consumidor de petróleo do mundo e seus dados econômicos são acompanhados de perto como sinais indicativos da futura demanda mundial pela commodity.

Às 8h35, o WTI para setembro subia 0,28% na Nymex, para US$ 89,64 por barril, enquanto o brent para setembro avançava 0,56% na ICE, para US$ 105,85 por barril. As informações são da Dow Jones.