Petrobras impulsiona Bolsa após Opep limitar produção

Após reunião informal da Opep, ficou decidido que a produção do petróleo seria reduzida para 32,5 milhões de barris por dia, ante os atuais 33,24 milhões.

São Paulo – As ações da Petrobras figuravam entre as maiores altas do Ibovespa na tarde desta quarta-feira, após a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) anunciar acordo para sustentar os preços da commodity.

Os papéis preferenciais da estatal avançavam 5,56%, cotados a R$ 13,85; os ordinários tinham alta de 4,71%, a R$ 15,34, no fim da tarde.

O avanço fez com que o principal índice da Bolsa fechasse em alta de 1,67%, aos 59,355 pontos.

Já o preço do petróleo Brent terminou o dia em alta de 5,92%, a US$ 48,69 por barril. O WTI, negociado nos Estados Unidos, subiu 5,33%, cotado a US$ 47,05 dólares.

Após reunião informal entre membros da grupo na Argélia, ficou decidido que a produção do petróleo seria reduzida para 32,5 milhões de barris por dia (bpd), ante os atuais 33,24 milhões de barris por dia.

À agência de notícias “Reuters”, uma fonte adiantou que cada país vai ter um nível de produção. As quantidades deverão ser acertadas em reunião formal em novembro.