PDG cai na Bolsa com possível pedido de recuperação judicial

A companhia já estaria em negociação com uma empresa de reestruturação financeira.

São Paulo – As ações ordinárias da PDG chegaram a cair 6,29% na mínima desta quarta-feira.

Os papéis foram impactados pela notícia de que a construtora deve pedir recuperação judicial até o final do ano.

Segundo apurou o jornal O Estado de S. Paulo, a companhia já estaria em negociação com uma empresa de reestruturação financeira.

O jornal afirma ainda que com o mercado imobiliário retraído, a construtora estaria com dificuldade para vender 2,7 bilhões de reais de imóveis em estoque.

No segundo trimestre deste ano, a PDG teve prejuízo de 740 milhões de reais. No mesmo período do ano passado, o prejuízo era de 231 milhões de reais, ou seja, um aumento de mais de 200%.

Apesar dos prejuízos acumulados, as ações da companhia acumulam alta de 71% no ano.