OSX desencanta e sobe 10% na semana; Ibovespa tem leve alta

Lá fora, prevalece a cautela de investidores quanto ao rumo que o Fed tomará em relação aos sinais de fraqueza na economia norte-americana

São Paulo – A quarta-feira (22) oferece ganhos modestos ao Ibovespa. Na máxima desta sessão, o principal índice da bolsa subia 0,4%, aos 61.673 pontos.

A agenda do dia revela que a taxa de desemprego nas seis principais regiões metropolitanas do Brasil permaneceu em 6,4% em maio. É o menor patamar para o mês da série histórica do IBGE iniciada em março de 2002.

A população desocupada (1,5 milhão de pessoas) não apresentou variação em relação a abril e caiu 13,7% frente a maio do ano passado. Já a população ocupada (22,4 milhões) apresentou estabilidade em relação a abril e cresceu 2,5% na comparação com maio do ano passado.

As principais bolsas de valores dos Estados Unidos operam em leve alta, em meio à cautela de investidores com o rumo que o Federal Reserve tomará para lidar com novos sinais de fraqueza na economia norte-americana. O Fed deve anunciar sua decisão de política monetária às 13h30 desta quarta-feira. Às 15h15, será a vez do chairman Ben Bernanke comentar a decisão.

/libc/player/liquid3.swf

Cielo e Redecard

As duas maiores processadoras de cartões do Brasil por valor de mercado estão entre os destaques de valorização do Ibovespa. A Cielo (CIEL3) subia 1%, para 38,52 reais e a Redecard (RDCD3) avançava 1,6%, para 23,17 reais.

Em partes, o desempenho positivo reflete a alta na elevação da recomendação de ambas empresas promovida pelo Credit Suisse. O banco subiu a recomendação para desempenho acima da média de mercado aos ativos de Cielo e Redecard.

OSX

Com alta de quase 10% somente nesta semana, as ações ordinárias da OSX (OSXB3) estendem os ganhos verificados na véspera. Os ativos subiam 4,5% na máxima do pregão, vendidos a 460 reais.

A empresa de serviços para a indústria de petróleo e de construção naval controlada pelo bilionário Eike Batista, afirmou hoje que o Fundo de Marinha Mercante aprovou financiamento para o projeto de estaleiro no Porto do Açu, segundo comunicado. A linha de crédito pode chegar a R$ 2,7 bilhões.

HRT

A petroleira HRT (HRTP3) reduz os ganhos da semana na bolsa, que chegam a 1,8%. Após registrarem uma alta de 0,4% nesta manhã, as ações ordinárias da companhia adentram ao terreno das perdas, com queda de 0,4%.

A HRT iniciou a perfuração de um segundo poço exploratório na Bacia do Solimões, segundo comunicado. O trabalho foi iniciado no poço 1-HRT-2-AM do bloco SOL- T-169. “Tomando por base os resultados de poços anteriores, a HRT espera que neste poço ocorram pelo menos dois intervalos com hidrocarbonetos”, diz o documento enviado à Comissão de Valores Mobiliários.

Na Bacia do Solimões, a HRT possui 55% de participação em 21 blocos exploratórios, ocupando uma área de aproximadamente 48,5 mil quilômetros quadrados.