Rio de Janeiro - A Via Varejo disse que recebeu aprovação do seu pedido para suspender decisão da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) para refazer suas demonstrações financeiras de 2013 e seguintes, devido a lançamentos contábeis de operações societárias.

O Grupo Pão de Açúcar, controlador da companhia, informou em fevereiro que a CVM manifestou entendimento diferente da empresa quanto ao ganho de reavaliação do investimento detido na Nova Pontocom, e do tratamento contábil aplicado na aquisição pela Via Varejo de 75 por cento do capital social da Indústria de Móveis Bartira.

Tópicos: Balanços, CVM, Via Varejo, Empresas brasileiras, Varejo