São Paulo - O saldo de investimentos estrangeiros na Bovespa subiu para R$ 1,147 bilhão em outubro até dia 30, último dado disponível da BM&FBovespa. Apenas no dia 30, os estrangeiros compraram R$ 527 milhões em ações brasileiras a mais do que venderam. Com isso, o saldo acumulado no ano chega a R$ 12,059 bilhões, um dos maiores da história da bolsa.

No mês, além dos estrangeiros, outro destaque de compra de ações são as instituições financeiras, com R$ 187 milhões, e os institucionais, com R$ 140 milhões. Já as pessoas físicas venderam liquidamente no mês R$ 883 milhões e as empresas, R$ 612 milhões.

No ano, as pessoas físicas já venderam R$ 5,274 bilhões em ações a mais do que compraram, reduzindo fortemente suas aplicações em ações. Os institucionais venderam mais, R$ 7,429 bilhões, e as instituições financeiras, R$ 747 milhões. As empresas recompraram no período R$ 689 milhões.

Tópicos: Bovespa, Bolsas de valores, BM&FBovespa, Empresas, Serviços financeiros, Empresas abertas, Ações, Bolsas, Guia de Ações, Renda variável