São Paulo - A agência de classificação de risco Standard & Poor's (S&P) rebaixou o rating em escala global da Companhia Siderurgica Nacional (CSN) de B+ para B, e em escala nacional de brBBB- para brBB-. A perspectiva dos ratings é negativa.

Também foram rebaixados os ratings da subsidiária National Steel de B para B-.

Em relatório publicado nesta terça-feira, a S&P afirma que a perspectiva negativa é um reflexo da sua visão de que a fraca atividade industrial do Brasil, combinada com a "alta carga de juros" da CSN, deve continuar a consumir capital nos próximos 12 meses.

"Nós acreditamos que as atuais condições do mercado podem prejudicar a capacidade da CSN de elevar os preços, e pode levar a um aprofundamento das pressões no fluxo de caixa, provavelmente afetando sua liquidez", disse a agência.

Tópicos: CSN, Siderúrgicas, Empresas, Siderurgia, Siderurgia e metalurgia, Empresas brasileiras, Empresas abertas, Rating, Agências de rating, Mercado financeiro, Standard & Poor's