São Paulo – Muitos investidores e analistas americanos estão torcendo para que o Carolina Panthers derrote o Denver Broncos no Super Bowl de número 50 no próximo domingo (7).

E não porque o quaterback do Panthers, Cam Newton, é o principal candidato a Most Valuable Player (MVP) da temporada. Mas, sim, porque se o time ganhar é bem provável que o mercado de ações norte-americano feche o ano em alta. 

Ao menos é isso que prevê o “Super Bowl Predictor” ou “Super Bowl Indicator”, indicador que afirma que, caso um time originário da National Football League (NFL) (neste ano o Carolina Panthers) vença o Super Bowl, as ações subirão ao longo do ano. Mas, se um time da American Football League (AFL) (esse ano o Denver Broncos) vencer, o mercado deverá fechar o ano em baixa. 

Por mais ilógico que possa parecer, nos últimos sete anos o indicador conseguiu antecipar o desempenho das ações a partir dos resultados dos jogos do Super Bowl. E em 40 dos 49 Super Bowls realizados até agora o indicador funcionou, o que representa uma taxa de acerto de mais de 81% sobre o desempenho do índice Dow Jones Industrial Average, um dos principais índices de ações dos Estados Unidos. 

O indicador funcionou em 2015, quando o New England Patriots (AFL) ganhou e o Dow Jones caiu 2,2% no ano. A última vez que o indicador errou foi em 2008, quando o New York Giants (NFL) venceu, mas o índice norte-americano fechou o ano com perdas de 33%. 

Para dizer se o mercado vai subir ou não, o indicador basicamente avalia se o time vencedor pertencia originalmente à AFL ou à NFL, que se fundiram em 1970. Nesse caso, por exemplo, o Pittsburgh Steelers, que atualmente joga na AFC, é originário da NFL. Assim, toda vez que o Steelers vence um Super Bowl o Dow Jones tende a subir. E foi isso que aconteceu nas seis vezes em que o time foi campeão, a última em 2009. 

"Não há suporte intelectual para esse tipo de coisa. Exceto que esse indicador funciona", explicou o analista Robert H. Stovall, em entrevista ao Wall Street Journal

O problema este ano é que o Dow Jones e outros índices enfrentam fortes oponentes, como a desaceleração da economia chinesa e uma campanha presidencial imprevisível.

"Como o Down Jones já caiu 8% no ano até agora, as ações precisam contar com toda a ajuda que podem ter, então 'go Panthers!'”, escreveu o estrategista-chefe da empresa de serviços financeiros LPL Financial, John Canally, em carta recente. 

O Super Bowl Indicator nos últimos oito anos

Ano Time vencedor do Super Bowl Previsão do Super Bowl Indicator Desempenho do Dow Jones Industrial Average
2008 New York Giants (originário da NFL) Ações em alta -33.84%
2009 Pittsburgh Steelers (originário da NFL) Ações em alta 18.82%
2010 New Orleans Saints (originário da NFL) Ações em alta 11.02%
2011 Green Bay Packers (originário da NFL) Ações em alta 5.53%
2012 New York Giants (originário da NFL) Ações em alta 7.26%
2013 Baltimore Ravens (fundado em 1996) Não definido* 26.50%
2014 Seattle Seahawks (originário da NFL) Ações em alta 7.52%
2015 New England Patriots (originário da AFL) Ações em baixa -2.23%

*O Super Bowl Indicator leva em consideração apenas os times fundados antes de 1970, quando havia a divisão entre NFL e AFL, por isso o indicador não previu qual seria o comportamento do mercado quando o Baltimore Ravens, fundado em 1996, venceu o Super Bowl.

Tópicos: Ações, Dow Jones, Super Bowl, Esportes