São Paulo – Chipre e Espanha. Os dois nomes estrearam na lista de países com a dívida mais arriscada do mundo. A pesquisa trimestral elaborada pela CMA Datavision apontou que o Chipre é o país com a maior possiblidade de dar calote no mundo.

A Espanha entrou no décimo lugar da lista, posição antes ocupada pela Itália, que saiu do ranking dos dez. Segundo o estudo, a possibilidade de a Espanha dar um calote nos próximos cinco anos é de 32,1%.

Outra novidade é que a Grécia, que figurava em primeiro lugar no ranking passado, saiu da lista dos dez piores. “O mercado continuará olhando de perto a Espanha e Portugal durante o próximo trimestre – com preocupações sobre a possibilidade de Portugal tomar o caminho da Grécia e reestruturar sua dívida”, alertam os pesquisadores.

Argentina e Ucrânia são dois países que pioraram sua colocação e aumentaram o risco da dívida. Já a Venezuela e a Irlanda continuam com dívidas arriscadas, porém menos que no estudo anterior.

10 países mais arriscados Probabilidade de calote em 5 anos Custo de proteção da dívida (em pontos) Posição no ranking anterior
1 - Chipre 63,70% 1159,1 Não figurou
2- Portugal 60,50% 1135,8 2
3- Paquistão 46,40% 829,6 3
4- Argentina 45,90% 812,1 5
5- Ucrânia 45,60% 855,2 7
6- Venezuela 41,50% 715,6 4
7- Irlanda 39,50% 579,2 6
8- Egito 32,80% 552 8
9- Hungria 32,20% 544,3 9
10- Espanha 32,10% 430,9 Não figurou

Os mais seguros

A Noruega continua sendo o país com menor chance de calote no mundo. A probabilidade disso acontecer nos próximos 5 anos é de apenas 2%, segundo o estudo. O ranking segue igual ao do trimestre anterior até a quarta posição.

O estreante na lista é o Chile, que tem uma probabilidade de calote de 6,3% nos próximos cinco anos e tomou o lugar da Nova Zelândia no ranking.

10 países mais seguros Probabilidade de calote em 5 anos Custo de proteção da dívida (em pontos) Posição no ranking anterior
1- Noruega 2% 22,5 1
2- Estados Unidos 2,70% 30 2
3- Suíça 3,60% 41,1 3
4- Suécia 3,80% 43,6 4
5- Hong Kong 5,40% 61,7 7
6- Reino Unido 5,60% 63,5 9
7- Finlândia 5,70% 65,3 5
8- Austrália 6,20% 72,2 6
9- Chile 6,30% 91,6 Não figurou
10- Alemanha 6,40% 73,3 10

O Brasil não entra em nenhuma das duas listas, mas tem uma dívida bastante segura pelos critérios do estudo da CMA. A probabilidade de um calote do país nos próximos cinco anos foi medida em 8,3%.

Tópicos: Crise, Dívidas de países, Rankings, Listas