Manila - Os preços do minério de ferro no mercado à vista da China recuaram pelo terceiro dia consecutivo nesta sexta-feira, após tocarem máxima de quase nove meses na terça-feira, acompanhando um recuo nos preços do aço.

Muitos analistas questionaram os ganhos, citando a continuidade dos riscos de desaceleração da economia chinesa e da demanda por aço, cujo consumo caiu pelo segundo ano consecutivo em 2015.

"Nós entendemos que a força dos preços do minério de ferro tem vida curta, já que os fundamentos permanecem fracos", disseram analistas do Australia and New Zealand Banking Group em um relatório.

Os contratos futuros do vergalhão de aço na bolsa de Xangai recuaram 2,89 por cento nesta sexta.

O minério de ferro com entrega imediata no porto de Tianjin na China caiu 2,3 por cento nesta sexta-feira, para 56,10 dólares por tonelada, e acumula queda de 11,4 por cento desde atingir o pico de 63,3 dólares na terça-feira, segundo dados do The Steel Index (TSI).

"Eu sinto que os preços vão recuar ainda mais, após uma alta tão rápida. Os negociantes de aço compraram um grande estoque de aço nos últimos meses", disse um operador de minério de ferro de Cingapura.

Tópicos: Aço, Ásia, China