São Paulo - A Marisa Lojas informou hoje que seu conselho de administração aprovou a celebração de um contrato de troca de resultados de fluxos financeiros futuros (contrato de swap) entre a empresa e o Bradesco, no valor total de R$ 50 milhões. A operação será intermediada pelo Bradesco BBI.

A Marisa será ativa na variação do preço das ações ordinárias de sua emissão e passiva nos juros calculados sobre o valor total da operação, equivalente a uma taxa atrelada a 100% da variação do CDI acrescida de uma taxa prefixada.

A data da primeira negociação será definida entre as partes, e o prazo para execução do contrato de swap é de seis meses a partir da data da primeira negociação.

Segundo comunicado da Marisa, as operações firmadas no âmbito do contrato de swap não alterarão o porcentual de ações em circulação da empresa e serão liquidadas ao final dos seus respectivos prazos.

Tópicos: Aplicações, Bradesco, Bancos, Empresas, Empresas brasileiras, Empresas abertas, Marisa, Varejo, Comércio