São Paulo – A Credit Suisse reduziu a quantidade de ações preferenciais da Bradespar (BRAP3, BRAP4) para 4,97% do total de papéis emitidos pela empresa. Isso corresponde a cerca de 11,2 milhões de ações desse tipo.

Segundo comunicado à Comissão de Valores Mobiliários, os investidores detém aproximadamente 8,7 milhões de ações ordinárias da companhia, o que corresponde, no total, a 5,72% do capital social.

Recentemente, a companhia emitiu 350 milhões de reais em debêntures. Com os recursos, ela pretende quitar as obrigações relativas às debêntures da primeira série de sua terceira emissão.

Tópicos: Bolsas de valores, Bovespa, Bradespar, Holdings, Empresas abertas, Empresas, Credit Suisse, Empresas suíças, Bancos de investimentos, Credit Suisse Hedging-Griffo