"O sonho americano"

São Paulo - Na Terra do Tio Sam a Apple ainda é rainha. A companhia mantém intacto seu posto de empresa mais valiosa dos EUA, com um valor de mercado que ultrapassa os 538 bilhões de dólares.

Mas outra gigante da tecnologia conquistou um baita terreno nos últimos meses. A Alphabet, antiga Google, teve uma valorização de mais de 40% em suas ações nos últimos 12 meses, o que fez seu valor de mercado saltar para os 488 bilhões de dólares.

Com isso, a companhia ultrapassou marcas como a petroleira ExxonMobil, a Microsoft e até o banco comandado por Warren Buffett, o Berkshire Hathaway. E ocupa agora o segundo lugar entre as empresas mais valiosas dos Estados Unidos. 

Outra empresa que se destacou nos últimos 12 meses foi a Amazon, que quase dobrou seu valor de mercado. Impulsionada principalmente por seus últimos balanços, que revelaram lucros impressionantes, a empresa passou dos 135 bilhões de dólares para mais de 269 bilhões de dólares.

Os números fazem parte de um levantamento feito pela consultoria Economatica, a pedido de EXAME.com, que revela as 25 maiores empresas em valor de mercado nos Estados Unidos.

Navegue pelas fotos a seguir e confira a lista. 

Tópicos: AB InBev, Empresas, Empresas belgas, Alphabet, Amazon, Comércio, Empresas americanas, Empresas de internet, Lojas online, Apple, Tecnologia da informação, Empresas de tecnologia, AT&T, Bank of America, Bancos, Bancos de investimentos, Berkshire Hathaway, Bebidas, Coca-Cola, Bebidas e fumo, Refrigerantes, Disney, Exxon, Indústria do petróleo, Facebook, Redes sociais, Internet, GE, Google, Home Depot, Varejo, Johnson & Johnson, JPMorgan, Merck, Microsoft, Oracle, Procter & Gamble, P&G, Pfizer, Verizon, Visa, Setor de cartões, Walmart, Supermercados, Wells Fargo