As maiores fatias do bolo

São Paulo - As ações da Gerdau Metalúrgica devem pagar os maiores dividendos entre os papéis listados na Bovespa em 2016. Seu dividend yield estimado para o ano, taxa que indica o ganho que o acionista tem com dividendos e juros sobre capital próprio, é de 28,2%.

Os dados fazem parte de um levantamento realizado pela Ativa Investimentos, com base em informações compiladas pela Bloomberg, que traz as expectativas dos principais analistas do mercado.

O dividend yield é apresentado como um percentual sobre o valor de cada ação. "É importante destacar que um dividend yield alto não garante que a empresa está pagando grandes dividendos. Pode ser que a ação tenha se desvalorizado muito", explica Lenon Borges, analista da Ativa.

Para se chegar a essa taxa é preciso dividir o dividendo pelo preço da ação. Nesse caso, se o papel tiver sofrido uma forte desvalorização nos últimos meses, seu dividend yield aumenta simplesmente porque sua cotação está baixa. 

Confira a seguir as 20 ações que devem ser mais generosas ao repartir seu "bolo" com os acionistas e o retorno de cada uma delas nos últimos 12 meses. 

Tópicos: AES Tietê, AES, Empresas americanas, Serviços, Empresas, Alupar, Ações, Banco do Brasil, Bancos, Empresas brasileiras, Empresas abertas, Banrisul, BB Seguridade, Bradespar, Holdings, Cemig, Estatais brasileiras, Energia elétrica, Empresas estatais, CESP, Copel, CPFL, Cyrela, Construção civil e intermediação, Direcional, Eletrobras, Even, Eztec, General Mills, Gerdau, Siderúrgicas, Siderurgia, Siderurgia e metalurgia, Light, MRV, Multiplus, Serviços diversos, Programas de fidelidade, Petrobras, Capitalização da Petrobras, Petróleo, gás e combustíveis, Indústria do petróleo, Smiles, Taesa, Vale, Mineração