Líderes dos supersetores

São Paulo - O Índice Dow Jones de Sustentabilidade (DJSI, na sigla em inglês) renovou seu portfólio para 2013/2014. A nova composição entrará em vigor no próximo dia 23 de setembro e reúne 333 empresas de 25 países.

Oito brasileiras integram a carteira. O grupo seleto é formado pelo Bradesco, Cemig, Embraer, Itaú Unibanco, Itaúsa, Petrobras, Banco do Brasil e a Fibria.

Conduzida pela RobecoSAM AG, empresa de gestão de ativos voltada para investimentos sustentáveis, com sede em Zurique, na Suíça, a revisão abrangeu 2.500 empresas e apontou um líder para 24 supersetores.

Para serem incluídas, elas passam por rigoroso processo seletivo, que analisa dados econômicos, desempenho ambiental e social, governança corporativa, gestão de risco, mitigação da mudança climática e práticas trabalhistas.

Lançado em 1999 como primeiro índice global de ações composto por companhias consideradas social e ambientalmente responsáveis, o DJSI tem o objetivo de orientar a alocação de recursos pelos gestores globais, estimulando a responsabilidade ética corporativa e o desenvolvimento sustentável.

Tópicos: Empresas francesas, Air France-KLM, Empresas, Companhias aéreas, AkzoNobel, Empresas holandesas, Alcatel-Lucent, Empresas de tecnologia, Allianz, Setor de seguros, Empresas alemãs, Ações, Bolsas de valores, Bolsas, Citigroup, Bancos de investimentos, Dow Jones, EDP, Empresas portuguesas, Henkel, Nestlé, Empresas suíças, Panasonic, Empresas japonesas, Roche, Indústria farmacêutica, SAP, Siemens, Sustentabilidade, Volkswagen, Montadoras