São Paulo – É praticamente certo que um novo iPad será lançado hoje em evento da Apple (AAPL). E as ações da companhia operam em alta de cerca de 1% na Nasdaq. O papel valorizou-se 173% desde o lançamento do primeiro tablet pela companhia, em janeiro de 2010.

Há rumores de que uma “maldição” acompanha o lançamento do iPhone – derrubando o papel a cada novo modelo anunciado. No último lançamento, em setembro, foi isso que aconteceu. Grande parte da novidade dos celulares já havia sido adiantada por especulações e muitos iniciaram uma realização de lucros.

Já no caso dos iPads, as ações tiverem alta inferior a 1% no dia dos primeiros lançamentos. No dia do anúncio do iPad 4, no entanto, o papel teve queda de 3,26%. Em 2013, o papel tem queda de 1,45%. Já no mês, a alta é de 12,2%.

Boatos indicam que as novas versões dos aparelhos terão o sensor biométrico que aumenta a segurança no acesso ao smartphone e câmeras de 8 megapixels.