São Paulo - A Apple pode estar prestes a perder o posto de maior empresa do mundo em valor de mercado.

No fechamento dos mercados na última sexta-feira, a empresa valia US$ 540 bilhões, apenas US$ 16 bilhões a mais do que a Alphabet, conglomerado criado para agrupar o Google e suas associadas.

Há apenas 13 meses, a situação era bem diferente: a Apple valia US$ 643 bilhões, quase o dobro dos US$ 361 bilhões do Google.

A Apple é a companhia mais valiosa do mundo há 4 anos e meio e foi ultrapassada apenas brevemente pela ExxonMobil por um pequeno período em 2013.

Muita coisa mudou nesse ínterim. A Apple está sofrendo com a desaceleração na China e com o desgaste do seu principal produto, o iPhone. Recentemente, a companhia estimou sua primeira queda de receita em 13 anos.

Enquanto isso, a Alphabet ganhava aplausos por seus cortes de custos e pelo movimento estratégico de criação da holding e compra das próprias ações.

A ultrapassagem pode ocorrer ainda nesta semana. A Alphabet divulga seus resultados do quatro trimestre de 2015 na segunda-feira e investidores esperam um crescimento forte da receita com publicidade digital.

Tópicos: Alphabet, Apple, Empresas, Tecnologia da informação, Empresas americanas, Empresas de tecnologia, Google, Empresas de internet