Londres - Os índices europeus subiam nesta quarta-feira uma vez que as ações bancárias, de telecomunicações e de bens de consumo se firmavam, apesar dos sinais de fraqueza da economia global.

Às 7:51 (horário de Brasília), o índice das principais ações europeias FTSEurofirst 300 tinha alta de 0,76 por cento, a 1.339 pontos, após cair 0,9 por cento na sessão anterior, para próximo de sua mínima em uma semana.

O índice de blue chips da zona do euro Euro Stoxx 50 subia 0,84 por cento, para 3.027 pontos.

O gestor de fundo de hedge do Hampstead Capital Lex Van Dam disse que as expectativas de mais medidas de estímulo monetário pelo Banco Central Europeu na quinta-feira estão mantendo os mercados acionários em alta.

A Telecom Italia tinha um dos melhores desempenhos na Europa, subindo 3,36 por cento após declarações dos líderes italianos e franceses de que querem criar grandes companhias que possam competir na Europa.

O Crédit Agricole subia 2,92 por cento após o banco prometer aumentar a economia com custos até 2019, enquanto a Heineken também tinha alta, de 1,67 por cento, depois de o Goldman Sachs elevar a recomendação da companhia para "compra", ante "neutra". 

Tópicos: Ações, Bancos, Finanças, Telecom, Setores, Telecomunicações