Aguarde...

Mercados | 05/10/2011 22:02

Ação da Apple caiu antes do anúncio da morte de Steve Jobs

Papéis da companhia fecharam o pregão desta quarta-feira em alta, mas depois recuaram nas negociações pós-mercado

Getty Images

As Apple Stores de Steve Jobs

São Paulo – As ações da Apple (AAPL) encerraram o pregão regular desta quarta-feira em alta na Nasdaq, mas recuaram nas negociações pós-mercado antes do anúncio oficial da morte de seu co-fundador Steve Jobs.

Os papéis da gigante de tecnologia terminaram o dia com valorização de 1,54%, cotados a 378,25 dólares. No entanto, recuaram 0,27%, para 377,22 dólares, antes que a Apple informasse o falecimento do executivo.

"A Apple perdeu um gênio criativo e visionário, e o mundo perdeu um ser humano incrível. Aqueles que tiveram a sorte de trabalhar com Steve perderam um querido amigo e mentor. Steve deixou para trás uma companhia que só ele poderia ter construído e seu espírito será sempre a base da Apple", informa o comunicado publicado no site da empresa.

A causa da morte de Jobs ainda não foi confirmada. No entanto, o executivo passou por uma cirurgia para tratar um câncer no pâncreas em 2004. Após cinco anos, ele recebeu um transplante de fígado. Em ambas as ocasiões, ele se afastou das atividades da companhia e se desligou da empresa em 24 de agosto deste ano.

Desempenho das ações da Apple nos últimos 5 anos

 

Comentários  

Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados