São Paulo -  Confira as principais novidades desta quarta-feira (10):

Lula quer Pimentel na corrida presidencial de 2018

Segundo informações divulgadas pelo jornal Valor Econômico, o ex-presidente Lula está ciente da possibilidade de não poder se candidatar à presidência em 2018 devido às investigações envolvendo ele e sua família nas operações Zelotes e Lava Jato e cogita Fernando Pimentel como novo sucessor. Fernando Haddad, Aloizio Mercadante e Jaques Wagner também estão na lista de possíveis candidatos à próxima eleição presidencial.

Governo prevê reduzir a meta fiscal em ano de PIB fraco

O governo federal discute a possibilidade de descontar da meta fiscal parte da arrecadação dos impostos em anos que o resultado do PIB for fraco. De acordo com reportagem publicada pelo jornal O Estado de S. Paulo, a proposta deve ser votada pelo Congresso Nacional e faz parte de um plano do ministro Nelson Barbosa para ajustar a meta fiscal ao ciclo econômico do país.

Economia global pesa e bolsas recuam pelo 5º dia consecutivo

Diante do forte pessimismo dos investidores sobre as perspectivas de crescimento da economia global, as bolsas mundiais fecharam outro dia em queda. O pior resultado foi sentido na Bolsa de Tóquio, no Japão, e hoje abriu em queda de 2,31%. Os setores mais penalizados foram os de mineração e o bancário.

Banco Central planeja recuperar R$6,970 bilhões de devedores até o segundo semestre de 2016

O Banco Central espera conseguir recuperar R$6,970 bilhões de grandes devedores até setembro. A dívida total estimada com o BC era estimada, em dezembro de 2015, em R$ 44,707 bilhões. Corretoras de câmbio, instituições financeiras, importadoras e times de futebol estão entre os principais devedores.

Estados Unidos esperam que PIB cresça 2,6% até 2017

Segundo estimativas divulgadas pela Casa Branca, os Estados Unidos preveem uma expansão de 2,6% entre 2016 e 2017. O governo norte-americano também espera uma redução de 4,5% a 4,7% na taxa de desemprego.

Estados têm maior queda de receitas da década em 2015

O rendimento dos 25 estados do Brasil caiu 4,2% no último ano, segundo informações publicadas no jornal O Estado de S. Paulo. O resultado representa a maior queda da década -- nem em 2009, quando o país sentia os efeitos da crise imobiliária norte-americana, a retração não foi tão forte. São Paulo, maior potência econômica do país, registrou queda de 6,5%, a sétima mais significativa do ranking.

Casino vende participação em varejista por 3,1 bilhões de euros

O grupo francês Casino vendeu sua fatia na operadora tailandesa de hipermercados Big C Supercenter por 3,1 bilhões de euros. A operação faz parte do plano de redução da dívida do Casino, que anunciou um programa de desalavancagem de 4 bilhões neste ano.

Bernie e Trump vencem primárias em New Hampshire

O democrata Bernie Sanders e o republicano Donald Trump ganharam nesta terça-feira as prévias das eleições norte-americanas na etapa de New Hampshire. O senador Bernie Sanders ganhou 60% dos votos, enquanto a ex-secretária de Estado Hillary Clinton ficou com 39%. Pelo lado republicano, o bilionário Donald Trump ficou com 34% dos votos dos republicanos e o pré-candidato John Kasich que alcançou 16%.

Lucro da Coca-Cola sobe a US$ 1,24 bilhão no 4º trimestre

O lucro da Coca-Cola nos Estados Unidos fechou o 4º trimestre de 2015 a US$ 1,24 bilhão, valor maior que os US$ 770 milhões registrados no mesmo período de 2014. Com preços mais altos e maior volume de vendas, o lucro aumentou e ajudou a minimizar o impacto dos maus resultados no exterior.

Outro diretor da Volkswagen renuncia após escândalo

Frank Tuch, diretor do Controle de Qualidade da Volkswagen, renunciou ao cargo que ocupa desde 2010 devido aos escândalos de manipulações das emissões de gases poluentes. A companhia anunciou que Hans-Joaquim Rothenpieler assumirá seu posto a partir de 15 de fevereiro. Tuch já havia trabalhado no controle de qualidade da DaimlerChrysler e da Porsche.

Tópicos: Ações, Bolsas de valores, Bolsas, Casino, Comércio, Empresas, Bebidas, Coca-Cola, Bebidas e fumo, Refrigerantes, Empresas americanas, Empresários, Celebridades, Donald Trump, Eleições americanas, Presidente Lula, Luiz Inácio Lula da Silva, Personalidades, Políticos, Políticos brasileiros, PT, Política no Brasil, Economistas, Nelson Barbosa, Operação Lava Jato, PIB, Indicadores, PIB do Brasil, Volkswagen, Montadoras, Empresas alemãs