São Paulo - Confira as principais novidades desta sexta-feira (29):

Governo prevê investimentos de R$ 22 bilhões do FGTS em infraestrutura

Com o anúncio da oferta adicional de R$ 83 bilhões por meio de bancos públicos para reaquecer a economia, a área de infraestrutura ganhará investimentos no valor de R$ 22 bilhões. Do total, R$ 32 bilhões serão do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), sendo R$ 22 bilhões voltados para infraestrutura e R$ 10 bilhões para setor imobiliário.

Banco Central do Japão adota política de taxa de juros negativa

Para ampliar sua agressiva estratégia de incentivos econômicos, o Banco Central do Japão surpreendeu ao anunciar que vai adotar uma política de taxa de juros negativa. O BoJ reduziu as taxas, que já eram baixas, de 0,1% para - 0,1%. Com a iniciativa, o banco pretende reduzir o custo dos empréstimos para estimular a inflação.

Renda do trabalhador cai pela primeira vez em 11 anos

O rendimento médio recebido pelos trabalhadores brasileiros teve no ano passado a primeira queda desde 2004. Segundo informações publicadas pelo jornal Valor Econômico, a renda diminuiu 3,7%, chegando a uma média salarial de R$ 2,265,09 em 2015. O valor total dos rendimentos mensais foi estimado em R$53,6 bilhões, que equivale a 5,3% menos do montante de 2014.

Vale propõe não pagar remuneração a acionistas em 2016

A Vale pretende não pagar remuneração aos acionistas em 2016, diante da volatilidade dos preços das commodities minerais. Segundo a Vale, à medida que o cenário esteja melhor definido e, havendo geração de caixa suficiente, o Conselho de Administração poderá decidir pela distribuição de remuneração aos acionistas.

Economias do Brasil e da Rússia acabam com BRICS

Afetadas pelo isolamento internacional e por fortes instabilidades políticas e econômicas, a queda das commodities vem arrasando as economias da Rússia e do Brasil. Esta dupla foi substituída por Taiwan e Coreia do Sul para formar os TICKS, de acordo com matéria publicada ontem pelo Financial Times. A palavra, que significa "carrapatos" em inglês, agrupa países com pouca exposição a commodities e boas perspectivas no campo de inovação e tecnologia.

Lucro da Amazon no 4º trimestre fica abaixo das estimativas

O lucro da Amazon no último trimestre do ano ficou bem abaixo das estimativas de analistas de Wall Street, com a maior varejista online do mundo enfrentando aumento das despesas operacionais e um crescimento mais lento dos negócios em nuvem. O lucro líquido subiu para 482 milhões de dólares, ou 1 dólar por ação, no trimestre encerrado em 31 de dezembro, ante 214 milhões de dólares, ou 0,45 dólar por ação, um ano antes.

Microsoft divulga queda de 10,1% em receita trimestral

A Microsoft divulgou uma queda de 10,1 por cento na receita trimestral, pressionada pelo dólar forte, assim como o fraco mercado de computadores pessoais que reduziu a demanda pelo sistema operacional Windows. O resultado líquido da empresa caiu para 5 bilhões de dólares, ou 0,62 dólar por ação.

BTG Pactual anuncia demissão de 305 empregados no Brasil

O Grupo BTG Pactual anunciou a demissão de 305 empregados no Brasil, ou 18,5 por cento de seu quadro de funcionários no país. Em comunicado ao mercado, o banco de investimentos disse que busca, com o corte de pessoal em São Paulo, no Rio de Janeiro e em outras cidades do país, reduzir seus custos totais em 25 por cento.

Barbosa anuncia R$ 83 bi de potencial de expansão do crédito

O ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, defendeu a expansão do crédito adotando sete medidas. Pelos seus cálculos, elas têm potencial de elevar a oferta de crédito em R$ 83 bilhões. A primeira é a retomada da linha de pré-custeio do Banco do Brasil, na modalidade crédito rural, no valor de R$ 10 bilhões.

Samsung e Apple estão pessimistas em relação a 2016

A Samsung fez um alerta em relação à desaceleração da demanda e à turbulência econômica depois de informar lucros trimestrais menores que o estimado pelos analistas, concordando assim com a Apple na previsão de um 2016 pessimista para o setor de tecnologia. O conglomerado coreano, cujo lucro trimestral ficou quase 40 por cento abaixo do esperado, disse que a deterioração da economia mundial está prejudicando a demanda por computadores e smartphones e reduzindo os preços de componentes.

Shoppings vão apostar mais de R$14 bilhões em novos projetos

A Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce) estima que os shoppings invistam 12% de seus orçamentos em novos projetos e expansões ainda em 2016. A Abrasce prevê que 30 novos shoppings sejam anunciados até o final do ano, sendo 23 deles fora de capitais.

Tópicos: Acionistas, Amazon, Empresas, Comércio, Empresas americanas, Empresas de internet, Lojas online, Ações, BTG Pactual, Holdings, Empresas abertas, Bancos de investimentos, Crédito, Demissões, Desemprego, Gestão, FGTS, Lucro, Mercado financeiro, Microsoft, Tecnologia da informação, Empresas de tecnologia, Economistas, Nelson Barbosa, Setores, Shopping centers, Vale, Siderúrgicas, Mineração, Empresas brasileiras, Windows