São Paulo - Confira as principais novidades desta quinta-feira (28):

Pacote de crédito pode aumentar em R$ 20 bilhões

O pacote de crédito federal previsto para ser anunciado nesta quinta-feira pode passar de R$ 50 bilhões para aproximadamente R$ 70 bilhões. De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, o aumento acontece pela nova medida que permite utilizar parte da multa rescisória do FGTS como garantia de crédito consignado.

Medida permite utilizar 10% do FGTS para conseguir crédito

Como parte das novas políticas de incentivo às linhas de crédito dos bancos públicos, o governo deve lançar uma medida que permite que o trabalhador use 10% do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) mais a multa de 40%, em caso de demissão, como garantia para conseguir crédito consignado. Segundo reportagem do jornal O Estado de S. Paulo, o ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, deve anunciar a novidade ainda hoje durante o Conselhão.

Brasil fica entre os dez maiores cotistas do FMI

Pela primeira vez, o Brasil está entre os maiores membros do Fundo Monetário Internacional (FMI).  Segundo informações do jornal Valor Econômico, o país contribui com 1,78% das cotas do fundo e detém 1,72% dos votos. O Brasil divide a lista de maiores financiadores do mundo com Estados Unidos, Alemanha, Reino Unido, França, Japão, Itália, China, Índia e Rússia.

BTG planeja cortes de até 25% de equipe baseada no Brasil

O BTG Pactual planeja cortes de até 25 por cento de sua equipe sediada no Brasil, afirmou uma fonte. Parte do esforço visa adaptar seu quadro de pessoal ao novo tamanho do balanço após a venda de ativos disparada com a prisão em novembro do fundador do grupo, André Esteves.

Facebook tem salto de 51,7% na receita no 4º trimestre

O Facebook divulgou alta de 51,7 por cento na receita do quarto trimestre sobre o mesmo período do ano anterior, impulsionado por novos formatos de publicidade e melhorias no aplicativo para dispositivos móveis. A receita total da companhia subiu para 5,84 bilhões de dólares ante 3,85 bilhões um ano antes.

Petrobras fará cortes de cargos e gerências, dizem fontes

A Petrobras deve anunciar hoje um programa de cortes de cargos, incluindo gerências, visando adequar a empresa a uma nova realidade de preço baixo do barril de petróleo, menores investimentos e economia em ritmo lento, disseram fontes. O presidente da estatal, Aldemir Bendine, será o porta-voz desse programa de cortes.

Ações da Apple caem e devem permanecer em baixa

As ações da Apple caíram 6 por cento após a empresa divulgar seu menor crescimento das vendas de iPhones na história. O trimestre de março deve ser o mais fraco para a empresa este ano em termos de vendas de iPhones. A Apple estimou na terça-feira sua primeira queda de receita em 13 anos.

Desde 2003, R$ 2 bilhões foram desviados da educação

Um balanço divulgado pela Controladoria-Geral da União (CGU) mostra que R$ 2 bilhões que seriam investidos em merenda e transporte escolar foram desviados de programas federais. O levantamento foi feito em 2,7 mil municípios brasileiros e em 199 deles foram encontradas irregularidades. Ao todo, 350 pessoas foram presas em operações feitas em conjunto pela CGU e pela Polícia Federal.

Accorhotels vende 85 unidades

O grupo hoteleiro Accorhotels vendeu 85 de seus hotéis na Europa por 504 milhões de euros em ativos para uma nova franquia que terá 70% de suas ações sob controle da sociedade investidora Eurazeo e os 30% restantes serão administrados pela Accorhotels. Essa franquia continuará explorando as marcas com quem já trabalha: Pullman, Novotel, Mercure, Ibis, Ibis Budget e Ibis Style.

Fibria tem lucro líquido de R$ 910 milhões no 4º trimestre

A Fibria teve lucro líquido de 910 milhões de reais no quarto trimestre, revertendo prejuízo de 128 milhões sofrido um ano antes. Contribuíram para o resultado a valorização do dólar e o aumento do preço médio, de acordo com as informações divulgadas pela Fibria. No fechado de 2015, a Fibria lucrou 357 milhões de reais, alta de 119 por cento sobre 2014.

Tópicos: André Esteves, Personalidades, Empresários, Banqueiros, Bilionários brasileiros, Apple, Empresas, Tecnologia da informação, Empresas americanas, Empresas de tecnologia, Ações, BTG Pactual, Holdings, Empresas abertas, Bancos de investimentos, Crédito, Demissões, Desemprego, Gestão, Empresas estatais, Facebook, Redes sociais, Internet, Empresas de internet, FGTS, Fibria, Papel e celulose, Papel e madeira, iPhone, Smartphones, Celulares, iPhone e iPad, Lucro, Mercado financeiro, Setores, Petrobras, Capitalização da Petrobras, Estatais brasileiras, Petróleo, gás e combustíveis, Empresas brasileiras, Indústria do petróleo, Publicidade, Vendas