São Paulo - Confira as principais novidades desta quarta-feira (27):

1 - Brasil é o país que teve a maior alta em níveis de corrupção entre 168 países

De acordo com o levantamento “Índice de Percepção de Corrupção 2015”, organizado pela entidade Transparência Internacional (TI), o Brasil foi o país que sofreu a maior piora nos índices de corrupção nos últimos 12 meses. O país perdeu sete posições de um ano para outro e caiu para o 76º lugar entre os 168 países pesquisados.

2 - MPF denuncia 9 de JBS e Banco Rural por crime financeiro

O Ministério Público Federal em São Paulo denunciou nove pessoas ligadas ao grupo J&F, controlador da processadora de carne bovina JBS, e ao Banco Rural por crime contra o Sistema Financeiro Nacional. Entre eles está Joesley Batista, um dos donos da companhia. O MPF mencionou uma operação feita em 2011 como base para a denúncia

3 - Governo federal planeja investir R$50 bilhões em crédito

De acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, o governo pretende injetar R$50 bilhões em linhas de crédito através de bancos públicos para impulsionar a economia. O investimento deve ser feito via Banco do Brasil, BNDES, Caixa e incluir também recursos do FGTS. A previsão é de que o anúncio seja feito amanhã pelo ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, na abertura do Conselhão.

4 - Toyota volta a liderar venda de carros no mundo

A montadora japonesa Toyota é, pelo quarto ano consecutivo, a companhia que mais vendeu veículos em todo o mundo. Ao todo, a empresa comercializou 10.151.000 unidades em 2015. As concorrentes General Motors e Volkswagen venderam respectivamente 9,8 milhões e 9,93 milhões de veículos.

5 - Apple anuncia lucro recorde e estagnação do iPhone

A Apple anunciou um lucro trimestral recorde de 18,4 bilhões de dólares, embora as vendas do iPhone tenham estagnado após anos de crescimento vertiginoso. O lucro líquido para o trimestre encerrado em 26 de dezembro foi 2% maior do que o do mesmo período do ano passado.

6 - Itaú perde 1º lugar em receitas de bancos de investimento

Após somar 300 pessoas à sua equipe na América Latina nos últimos dois anos, Bank of America desbancou o Banco Itaú BBA e ficou em primeiro lugar no ranking de receitas com comissões de banco de investimento no ano passado, segundo dados da empresa de pesquisa Dealogic.

7 - Banco Mundial revisa projeções e prevê maior queda do petróleo em 2016

Motivado pela entrada do Irã no mercado petroleiro e pelo pessimismo das economias emergentes, o BM reduziu suas previsões do preço do barril de petróleo em 2016 de US$ 51 para US$ 37. Isto significa que a forte queda registrada em 2015, de 47%, será seguida por um descenso de 27% este ano.

8 - Financiamento de imóveis cai 33% em 2015

O volume de empréstimos no Brasil caiu 33% no último ano, o valor equivale a R$ 75,6 bilhões, ante R$ 112,9 bilhões em 2013. Segundo a Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip), a previsão para 2016 é que a queda continue e que os empréstimos fiquem ainda mais caros.

9 - Justiça suspende venda de 49% da Gaspetro pela Petrobras

A Justiça Federal da Bahia suspendeu a venda de 49% da Gaspetro pela Petrobras para a Mitsui Gás e Energia do Brasil. A decisão foi dada em resposta a uma ação popular movida por José Gama Neves, membro da Comissão Executiva do diretório estadual do Democratas na Bahia.

10 - Eldorado Brasil se prepara para IPO ou emissão

A Eldorado Brasil, fabricante de celulose do grupo J&F, está se preparando para ir ao mercado de dívida ou de ações nos próximos meses se as condições forem favoráveis, com o objetivo de melhorar seu perfil de dívida ao mesmo tempo em que mira um aumento de capital e orquestra financiamento bilionário para seu projeto de expansão.

Tópicos: Apple, Empresas, Tecnologia da informação, Empresas americanas, Empresas de tecnologia, Banco Rural, Bancos, Bancos quebrados, Bancos de investimentos, Bank of America, Indústria, Financiamento de imóveis, Aplicações financeiras, Imóveis, iPhone, Smartphones, Celulares, iPhone e iPad, IPOs, Mercado financeiro, Itaú BBA, J&F, JBS, Carnes e derivados, Empresas abertas, Empresas brasileiras, Justiça, Lucro, Mitsui, Empresas japonesas, Petrobras, Capitalização da Petrobras, Estatais brasileiras, Petróleo, gás e combustíveis, Empresas estatais, Indústria do petróleo, Toyota, Montadoras