São Paulo – Confira as principais novidades desta sexta-feira (15):

1 - Aluguéis estão baratos; veja se vale mais comprar ou alugar: pela primeira vez desde 2008 os preços de aluguel de imóveis registraram queda anual. Em 2015, os valores de locação caíram, em média, 3,34% em nove cidades acompanhadas pelo índice FipeZap, que avalia as variações de preços de aluguéis anunciados. Em São Paulo, os preços dos aluguéis caíram 3,7%. No Rio de Janeiro, a queda foi ainda maior: 8,27%.

2 - Sob Dilma, capacidade de investimento do Brasil caiu 55%: em apenas três anos sob o governo Dilma Rousseff, o Brasil perdeu 55% da sua capacidade de investimento nas pastas federais. Os dados são da execução orçamentária do país, divulgado pelo Ministério do Planejamento, e foram corrigidos pela inflação do período.

3 - Bolsas chinesas sofrem novo tombo, em meio a preocupações: a Bolsa de Xangai, a principal da China, encerrou o pregão desta sexta-feira com fortes perdas e no menor nível em quase cinco meses, depois de um jornal local noticiar que alguns bancos do país estariam recusando ações de empresas como colateral de empréstimos e da divulgação de novos indicadores fracos de crédito.

4 - Vendas do Carrefour somam € 22,43 bilhões no 4º trimestre: o grupo varejista francês Carrefour divulgou hoje que registrou vendas de 22,43 bilhões de euros (US$ 20,6 bilhões) no quarto trimestre de 2015, resultado que veio em linha com as expectativas.

5 - Vazamento de gás atinge terminal de cargas no Guarujá: pelo menos 39 pessoas tiveram que ser atendidas em hospitais após terem sido intoxicadas pela fumaça provocada por um vazamento de gás de grandes proporções em um terminal de cargas marítimas na cidade de Guarujá, no litoral de São Paulo.

6 - 2016 deve ser ainda pior para oferta de ações, diz BTG: para aqueles que pensavam que o mercado para vendas de novas ações foi ruim em 2015, o principal coordenador de ofertas de ações tem um prognóstico sombrio: "o mercado de oferta de ações talvez seja ainda pior neste ano”, disse Guilherme Paes, um dos sete principais sócios e chefe do banco de investimento do BTG Pactual, o mais ativo coordenador de ofertas de ações de 2015, segundo dados compilados pela Bloomberg.

7 - Dilma sanciona sem vetos Orçamento de 2016: a presidente Dilma Rousseff sancionou sem vetos o Orçamento Geral da União de 2016. Aprovada pelo Congresso Nacional em dezembro do ano passado, a Lei Orçamentária Anual (LOA) inclui previsão de queda de 1,9% no Produto Interno Bruto (PIB) e inflação oficial de 6,47%.

8 - Walmart já fechou cerca de 60 lojas no Brasil, dizem fontes: Walmart Stores fechou recentemente cerca de 60 lojas no Brasil, mais de 10 por cento de suas unidades no país, como parte de uma reestruturação em um dos mercados mais importantes da gigante norte-americana do varejo, disseram pessoas familiares ao assunto.

9 - Goldman Sachs pagará bilhões para encerrar caso de hipotecas: o banco de investimento Goldman Sachs anunciou nesta quinta-feira que aceitou pagar US$ 5,1 bilhões para pôr fim às investigações das autoridades americanas sobre suas vendas de produtos respaldados por hipotecas lixo entre 2005 e 2007.

10 - Intel tem leve melhora das margens no 4º tri, mas lucro cai:  a Intel teve aumento marginal na receita trimestral, revertendo dois trimestres de queda, com o crescimento em seu negócio de data centers mais do compensando as vendas fracas para fabricantes de PCs. A maior fabricante de chips do mundo viu o lucro líquido cair para 3,61 bilhões de dólares no quarto trimestre, ante 3,66 bilhões um ano antes.

Tópicos: Aluguel, Ações, Empresas, BTG Pactual, Holdings, Empresas abertas, Bancos de investimentos, Carrefour, Supermercados, Varejo, Comércio, Empresas francesas, Ásia, China, Dilma Rousseff, Personalidades, Políticos, Políticos brasileiros, PT, Política no Brasil, Goldman Sachs, Bancos, Empresas americanas, Baixada Santista, Intel, Empresas de tecnologia, Mercado financeiro, Walmart