Moody’s rebaixa rating da Hypermarcas para Ba3

Empresa tem enfrentado elevados desafios de integração após as aquisições, diz a agência

São Paulo – A agência de classificação de risco Moody’s rebaixou a nota da dívida da Hypermarcas em escala global de Ba2 para Ba3 e na nacional de A1 para A2. A perspectiva foi mantida em estável, mostra um comunicado publicado ontem após o fechamento dos mercados.

“O rebaixamento reflete a deterioração das métricas de crédito da Hypermarcas observada durante os últimos trimestres, principalmente com os elevados desafios de integração após um número significativo de grandes aquisições e, mais recentemente, também as políticas comerciais da empresa”, afirma a analista Marianna Waltz.

Ela explica que a mudança na política comercial no segundo trimestre para os clientes atacadistas ao anunciar termos mais restritivos de vendas. O fato, combinado com um excesso nos estoques, levaram a um processo de desestocagem que afetou negativamente o desempenho operacional.

A Hypermarcas reduziu a estimativa de Ebitda (Lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) de 900 milhões de reais para 700 milhões de reais em 2011 e viu uma queda de 11,9% nas vendas orgânicas no terceiro trimestre quando comparadas com o mesmo período do ano passado.