Bolsas da Europa têm alta após dados de consumidores dos EUA

O índice FTSEurofirst 300, que reúne as principais ações europeias, fechou em alta de 0,32%, aos 1.022 pontos

Londres – Os principais índices acionários europeus fecharam em terreno positivo nesta sexta-feira, após um rali perto do fechamento motivado por dados positivos sobre a economia norte-americana e que apagaram as perdas da manhã, embora muitos investidores sigam preocupados com a saúde dos bancos na Espanha e a situação política na Grécia.

Segundo números preliminares, o índice FTSEurofirst 300, que reúne as principais ações europeias, fechou em alta de 0,32 por cento, aos 1.022 pontos.

A bolsa de Madri, no entanto, estava entre as que lideraram as perdas no continente, com baixa de 0,7 por cento, enquanto a de Atenas caiu 4,5 por cento, retornando a níveis vistos pela última vez na crise do mecanismo europeu de taxas de câmbio, em 1992.

“As pessoas que estavam no ‘short’ toda a semana no mercado estão encerrando suas posições antes do fim de semana. Mas se a Espanha socorre seus bancos, quem vai socorrer a Espanha?”, afirmou um operador baseado em Londres, e que preferiu não ser identificado.

Em LONDRES, o índice Financial Times subiu 0,57 por cento, a 5.575 pontos.
Em FRANKFURT, o índice DAX avançou 0,95 por cento, para 6.579 pontos.
Em PARIS, o índice CAC-40 ficou praticamente estável, com leve alta de 0,01 por cento, a 3.129 pontos.
Em MILÃO, o índice Ftse/Mib valorizou-se 0,29 por cento, para 14.045 pontos.
Em MADRI, o índice Ibex-35 recuou 0,71 por cento, a 6.995 pontos.
Em LISBOA, o índice PSI20 registrou queda de 1,12 por cento, para 5.179 pontos.