Dólar R$ 3,15 -1,03%
Euro R$ 3,70 0,06%
SELIC 9,25% ao ano
Ibovespa 1,09% 68.715 pts
Pontos 68.715
Variação 1,09%
Maior Alta 4,27% BBSE3
Maior Baixa -2,04% JBSS3
Última atualização 18/08/2017 - 17:20 FONTE

Liz Cimentos pode levantar mais de R$ 837 milhões em IPO

Primeira fabricante de cimento a ter ações na BM&FBovespa, planeja emitir 47,7 milhões de ações ordinárias, cujos recursos serão voltados a fortalecer caixa da companhia

São Paulo – A Liz Cimentos pode levantar mais de 837 milhões de reais em uma oferta pública inicial de ações (IPO, em inglês), conforme prospecto divulgado nesta segunda-feira.

A empresa, a primeira fabricante de cimento a ter ações na BM&FBovespa, planeja emitir 47,7 milhões de ações ordinárias em distribuição primária, cujos recursos serão voltados a fortalecer o caixa da companhia. Se considerado o teto da faixa de preço estipulada pelos coordenadores da oferta, que vai de 10 a 13 reais, a operação pode resultar em 620,1 milhões de reais.

A oferta pode ser acrescida ainda de lotes suplementar e adicional com, respectivamente, 7,155 milhões e 9,540 milhões de ações, o que elevaria o montante obtido a 837,1 milhões de reais, também considerando o valor máximo da faixa de preço.

A companhia inicia nesta segunda-feira a série de encontros com investidores para detalhar a oferta (processo de bookbuilding). O período de reserva das ações ocorre de 21 a 30 de março, e a fixação do preço por papel está prevista para o dia 31 deste mês.

As ações da Liz Cimentos começam a ser negociadas no segmento Novo Mercado da Bovespa em 4 de abril, sob o código CLIZ3.

A operação está sendo coordenada pelos bancos Itaú BBA (líder), JPMorgan e BTG Pactual.

A empresa, que diz ter 8 por cento de participação no mercado nacional de cimento, entrou com pedido para realizar o IPO no início de fevereiro.

Focada nos mercados de Minas Gerais e São Paulo, maiores Estados consumidores do produto no país, a companhia possui uma fábrica integrada de cimento perto de Belo Horizonte, com capacidade instalada de cerca de 2 milhões de toneladas por ano e planos de chegar a 4,7 milhões de toneladas no final de 2012, após a conclusão do projeto de expansão em curso.

A Liz teve receita líquida de 363,1 milhões de reais em 2010, com volume de vendas de 1,8 milhão de toneladas. O lucro líquido ficou em 28,6 milhões de reais no ano passado, segundo informações divulgadas na ocasião do pedido de registro da oferta.