Libra cai para nível mais baixo ante o dólar nos últimos 30 anos

A divisa britânica chegou a cair para US$ 1,203 e era comercializada a US$ 1,207 às 16h GMT (14h de Brasília)

Londres – A libra esterlina despencou nesta quarta-feira até tocar seu nível mais baixo em 31 anos frente ao dólar dos Estados Unidos, que ganhou força diante da perspectiva da primeira entrevista coletiva do presidente eleito Donald Trump.

A divisa britânica chegou a cair para US$ 1,203 e era comercializada a US$ 1,207 às 16h GMT (14h de Brasília), um valor inferior ao da negociação de ontem, quando a libra fechou em US$ 1,216.

Já em relação ao euro, a moeda do Reino Unido era cotada a 1,153 euros, um valor 0,05% menor que no fechamento de ontem, e também em níveis muito baixos.

Com sua nova queda, a libra chega a seu valor mais baixo em três décadas frente ao dólar, excluindo o “flash crash” de 7 de outubro, quando a moeda perdeu 10% de seu valor em apenas alguns minutos de operações nos mercados asiáticos.

Esse “flash crash” foi percebido então como um indicador da vulnerabilidade desta moeda e de outros ativos britânicos pelo “Brexit”, a futura saída do Reino Unido da União Europeia (UE).

Esta semana, a libra suportou fortes pressões perante os temores de que o país resolva optar pelo “Brexit duro”, no qual priorizará o controle da imigração acima do acesso ao mercado único, em suas negociações com Bruxelas.

A moeda britânica caiu em torno de 18% frente ao dólar e de 10% em relação ao euro desde o referendo de 23 de junho, quando 52% dos eleitores britânicos votaram a favor de saída da UE.