Juros de bônus italianos disparam e derrubam euro

Queda ocorre com a crescente crise de dívida fazendo investidores venderem a moeda do bloco monetário europeu depois que os juros dos bônus italianos atingiram 7%

Londres – O euro operava em queda frente ao dólar e ao iene nesta quarta-feira, por aversão a risco, com a crescente crise de dívida fazendo investidores venderem a moeda do bloco monetário europeu depois que os juros dos bônus italianos atingiram 7 por por cento.

Os juros pagos nos títulos da Itália subiram para mais de 7 por cento, nível considerado insustentável para o maior mercado de bônus da zona do euro.

“A cotação euro/dólar parece incrivelmente vulnerável no momento. Todo mundo já concluiu que o único comprador de dívida italiana é o BCE (Banco Central Europeu)”, disse Chris Turner, diretor de estratégia cambial do ING.

“É preciso um prêmio de risco muito maior no euro e não está claro onde isso vai terminar.” Turner acrescentou que a piora da confiança pode levar o euro para 1,34 dólar no curto prazo.

Às 10h28 (horário de Brasília), o euro perdia 1,44 por cento, a 1,3636 dólar, tendo atingido 1,36545 na mínima do dia.

O euro também caía cerca de 1 por cento ante o iene , com o investidor fugindo para ativos considerados mais seguros.

A busca por riscos baixos e alta liquidez fazia o dólar subir 1,20 por cento ante uma cesta de moedas.