Dólar R$ 3,18 0,40%
Euro R$ 3,71 -0,12%
SELIC 9,25% ao ano
Ibovespa 0,72% 70.516 pts
Pontos 70.516
Variação 0,72%
Maior Alta 4,65% USIM5
Maior Baixa -1,35% MRVE3
Última atualização 23/08/2017 - 15:59 FONTE

Inadimplência e tudo para você ler antes de a Bolsa abrir

A maior parte das dívidas foi feita no período que coincide com o agravamento da crise econômica no País

São Paulo – Leia as principais notícias desta segunda-feira (17) para começar o dia bem informado:

As quentes do dia

Inadimplentes chegam a dever três vezes o valor de seus salários. Número de brasileiros com contas em atraso chegou ao nível recorde de 61 milhões; alguns acumulam mais de 20 dívidas diferentes, aponta o jornal  O Estado de S. Paulo.

Líderes do centrão alertam que fechamento de questão pode não impedir traições. O PP contabiliza cinco defecções. No PSD, sete dos 37 deputados avisaram que vão votar contra o peemedebista. Uma lista de infiéis também foi apresentada pelo PRB: dos 22 parlamentares, só 14 estão com Temer, de acordo com o jornal A Folha de S. Paulo.

Governo deve retomar agenda para a aviação. Segundo o Valor Econômico, as medidas para aumentar a competitividade do setor aéreo vão incluir pelo menos cinco iniciativas: teto para alíquotas de ICMS sobre querosene de aviação, fim do limite ao capital estrangeiro nas empresas, o acordo de céus abertos Brasil-EUA, nova rodada de concessões de aeroportos e o início das atividades da “Asas” – subsidiária da Infraero, com 49% de participação da alemã Fraport, para prestar serviços na aviação regional.

Teto para todas as aposentadorias cortaria despesas em R$ 50 bi/ano. Cálculo de pesquisadores do Ipea apontam que o governo economizaria) em despesas da Previdência se todos benefícios já fossem limitados ao teto, afirma a Folha de S. Paulo.

Política e mundo

Eliseu Padilha descarta reforma ministerial. Entretanto, o ministro da Casa Civil admitiu maior consideração com os partidos da base e com aliados mais fiéis ao governo Temer.

Mercosul deixa decisão sobre Venezuela para dezembro. A cláusula democrática do Mercosul, assinada por todos os membros, prevê a suspensão de um país em caso de rompimento do regime democrático.

Coreia do Norte pode ter mais material nuclear do que o pensado, diz instituto americano. A análise teve como base imagens de satélite do laboratório radioquímico na usina nuclear Yongbyon de setembro até o final de junho.

Nos bastidores, empresas lutam contra Trump por tarifas sobre aço. As indústrias e empresas de energia que usam aço querem manter seus custos baixos e dizem que as tarifas podem impactar empregos em seus setores.

Enquanto você desligou…

BNDES pede assembleia da JBS para discutir comando da empresa. O banco é sócio minoritário da companhia comandada pelos irmãos Joesley e Wesley Batista, com 21,3% das ações.

Conselho da JBS autoriza renegociação de dívidas com bancos. A JBS tinha até o final de março dívida líquida de 47,8 bilhões de reais e uma relação de dívida líquida sobre lucro antes do Ebitda de 4,2 vezes.

Acionistas do Uber discutem venda de ações para SoftBank. O acordo pode incluir o investimento de novo capital na startup, segundo a Bloomberg, acrescentando que ainda são incertos detalhes sobre o valor das ações ou quantos papéis o SoftBank ou outros investidores vão comprar.

Petrobras não definiu porcentual a vender da BR Distribuidora. A estatal lembra que o regulamento de listagem do novo mercado, ao qual a BR pretende aderir, exige que o mínimo de ações em circulação seja de 25%.

Berkshire Hathaway estuda investir até US$20 bi em operadora móvel. As ações da operadora Sprint fecharam em alta de 4,3% nesta sexta-feira, cotadas a 8,55 dólares, com valor de mercado a 32,75 bilhões de dólares.

Agenda do dia

Nesta segunda-feira, sai o Boletim Focus do Banco Central. Na Zona do Euro, sai o IPC de junho. E nos Estados Unidos, sai o índice Empire State de atividade industrial.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Cleiton Oliveira

    Mesmo com o saldo extra do FGTS, as pessoas não estão conseguindo sair da inadimplência. A educação financeira é essencial para se obter uma vida organizada financeiramente.